Chefe da AIEA fala com chefe de armas nucleares e ministro das Relações Exteriores do Irã sobre solução de questões nucleares

2021-02-23 15:15:33丨portuguese.xinhuanet.com

O diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Rafael Grossi (Centro), é visto durante uma reunião com o ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif (não está na foto) no Teerã, Irã, no dia 21 de fevereiro de 2021. Durante a reunião no domingo, entre Zarif e Grossi, eles trocaram opiniões sobre a cooperação Irã-AIEA alinhado com o Acordo de Salvaguardas. (Foto por Ahmad Halabisaz/Xinhua)

Teerã, 21 fev (Xinhua) - O chefe da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) conversou no domingo com o chefe da Organização de Energia Atômica do Irã (AEOI) e ministro das Relações Exteriores iraniano sobre a solução de questões sobre o programa nuclear iraniano, já que o Teerã decidiu interromper o Protocolo Adicional da AIEA no dia 23 de fevereiro se as sanções dos EUA não forem suspensas, informou a Press TV.

As negociações entre Rafael Grossi, diretor-geral da AIEA, e Ali-Akbar Salehi, chefe da AEOI, giraram em torno da implementação simultânea do Acordo de Salvaguardas da AIEA e do Plano de Ação Estratégica do Irã para combater sanções.

"O Irã e a AIEA mantiveram discussões frutíferas com base no respeito mútuo, cujo resultado será divulgado esta noite", tuitou após a reunião, Kazem Gharibabadi, embaixador do Irã para organizações internacionais em Viena.

Durante o encontro entre o Ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohammad Javad Zarif e Grossi, eles trocaram opiniões sobre a cooperação Irã-AIEA em conformidade com o Acordo de Salvaguardas.

O parlamento iraniano aprovou em dezembro de 2020 o Plano de Ação Estratégica para Combater Sanções que determina que o governo iraniano relance o enriquecimento de urânio a 20 por cento e pare de implementar o Protocolo Adicional da AIEA se as sanções que devem ser suspensas sob o acordo nuclear internacional de 2015 continuarem em vigor.

Em resposta à retirada dos EUA do acordo nuclear iraniano em 2018 e à reimposição de sanções, o Irã suspendeu partes de seus compromissos sob o acordo.

 

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001397609311