Observatório Econômico: China garante ainda mais a segurança de grãos

2021-02-23 11:54:01丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 23 fev (Xinhua) -- As autoridades chinesas reafirmaram nesta segunda-feira o foco do país em garantir a segurança de grãos e proteger os recursos de germoplasma depois de lançar um plano anual de política rural para facilitar a modernização agrícola e avançar na vitalização rural.

"A segurança de grãos da China está totalmente garantida", disse o ministro da Agricultura e Assuntos Rurais, Tang Renjian, em entrevista coletiva, citando os estoques suficientes de grãos, a boa produção e as vendas.

Reconhecendo as conquistas agrícolas do país em resistir a um teste significativo no ano passado em meio à epidemia da COVID-19, Tang pediu para continuar a aumentar a produção e garantir a segurança dos grãos.

As declarações do ministro foram feitas após o lançamento do "documento central Nº 1" da China no domingo. O texto lista as metas e tarefas relativas à agricultura e áreas rurais para 2021 e uma visão mais ampla até 2025.

Como um planejamento rural divulgado anualmente, o documento deste ano enfatiza a manutenção de uma "linha vermelha" de 1,8 bilhão de mu (120 milhões de hectares) de terras aráveis e a prevenção do uso de terras cultiváveis para fins não agrícolas.

O país também tem planos de acrescentar 100 milhões de mu de terras aráveis de alto padrão com rendimentos altos e estáveis este ano. Mesmo com secas e inundações, de acordo com o documento

A China tem feito grandes conquistas no setor agrícola nos últimos anos. Dados oficiais mostraram que a China teve 17 anos consecutivos de colheitas abundantes de grãos, com a produção de cereais excedendo 650 bilhões de kg por seis anos consecutivos.

A taxa de mecanização da agricultura e da colheita atingiu 71%, enquanto a quantidade de fertilizantes químicos e pesticidas aplicados nas plantações caiu por quatro anos consecutivos, revelou Tang.

No entanto, a oferta e a demanda de grãos da China permanecem em um "equilíbrio estreito", observou Tang, pedindo mais esforços para aumentar a produção de grãos para lidar com as incertezas externas e o aumento da demanda da safra a longo prazo.

Na próxima etapa, o país não deve apenas garantir a quantidade, mas também melhorar a diversidade e a qualidade dos produtos agrícolas, instruiu Tang.

Ele insistiu na promoção da reforma estrutural do lado da oferta no setor agrícola, melhorando a criação, a marca e a produção agrícola padronizada para oferecer uma gama mais ampla de produtos de alta qualidade aos consumidores chineses.

Sem dúvida, a China ainda enfrenta muitos elos fracos na proteção de recursos de germoplasma e teorias e tecnologias de criação, de acordo com Zhang Taolin, vice-ministro da Agricultura.

Zhang solicitou investigações e coleta de recursos de germoplasma de culturas, aves e produtos aquáticos.

Além disso, é preciso apoiar as principais empresas especializadas em germoplasma e reprodução, facilitar os avanços da tecnologia de criação de núcleos e promover projetos de criação biológica agrícola, disse Zhang. Fim

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001397608431