Mortes por COVID-19 nos EUA superam 500 mil

2021-02-23 10:19:57丨portuguese.xinhuanet.com

Nova York, 22 fev (Xinhua) -- Os Estados Unidos atingiram a marca de meio milhão de mortes pelo coronavírus nesta segunda-feira, de acordo com o Centro de Ciência e Engenharia de Sistemas (CSSE) da Universidade Johns Hopkins.

Com a contagem de casos nacionais chegando a 28,1 milhões, o número de mortos nos Estados Unidos subiu para 500.071 às 16h24 horário local (2124 GMT), conforme os dados do CSSE.

A Califórnia ultrapassou Nova York se tornando o estado dos EUA com mais fatalidades, totalizando 49.439. Nova York registrou o segundo maior número de mortes do país, com 46.917, seguido pelo Texas, com 42.291 óbitos, e pela Flórida, com 30.065, informou o CSSE.

Os estados com mais de 15 mil mortes também incluem Pensilvânia, Nova Jersey, Illinois, Ohio, Geórgia, Michigan, Massachusetts e Arizona.

Os Estados Unidos continuam sendo o país mais atingido pela pandemia, com o maior número de casos e mortes em todo o mundo, respondendo por mais de 25% dos casos globais e mais de 20% das mortes mundiais.

No ano passado, as mortes pela COVID-19 nos EUA atingiram 100 mil em 27 de maio, ultrapassaram 200 mil em 22 de setembro e chegaram a 300 mil em 14 de dezembro. O número subiu para 400 mil em 19 de janeiro de 2021.

Levou quase quatro meses para o número nacional de mortos subir de 100 mil para 200 mil, menos de três meses para saltar de 200 mil para 300 mil e apenas mais de um mês para subir de 300 mil para 400 mil e também de 400 mil para meio milhão.

Uma previsão atualizada do modelo do Instituto de Métricas e Avaliação da Saúde da Universidade de Washington estimou 589.197 mortes por COVID-19 nos Estados Unidos até 1º de junho de 2021, com base no cenário de projeção atual.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001397606511