China foca em combate a crimes contra menores de idade

2021-02-22 19:39:12丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 22 fev (Xinhua) -- A China fez esforços construtivos para combater crimes contra menores de idade, além de enfatizar a proteção e assistência às vítimas em 2020, informou a Suprema Procuradoria Popular (SPP) nesta segunda-feira.

Nos primeiros 11 meses de 2020, os procuradores chineses aprovaram a detenção de 34.700 indivíduos por crimes contra menores e processaram 50.700 por suspeita de crimes, revelou Shi Weizhong, promotor sênior da SPP.

Shi disse que, em 2020, os promotores deram atenção especial a vítimas menores em 4.338 casos, um aumento de 2,6 vezes em relação ao ano anterior.

Para minimizar mais danos mentais e emocionais às vítimas pela revivência da experiência traumática durante as investigações, procuradores do país criaram mais de mil centros especializados até outubro de 2020 para lidar com todos os assuntos, desde a coleta de evidências até o aconselhamento.

A SPP, junto com outras autoridades centrais, divulgou uma política experimental em maio passado. Ela exige que as pessoas que trabalham para o governo e aqueles que têm contato próximo com menores nos locais de trabalho relatem à polícia quaisquer atos reais ou potenciais que prejudiquem os jovens.

Dentro de quatro meses após a implementação da política, cerca de 500 casos foram relatados e processados, revelou Shi. Ele acrescentou que muitos casos graves de abuso infantil foram descobertos imediatamente, graças aos relatos de médicos, conforme exigido.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001397591431