Tentativa dos EUA de desafiar princípio de Uma Só China é fadada ao fracasso, diz missão chinesa da ONU

2021-01-14 16:37:03丨portuguese.xinhuanet.com

Nações Unidas, 14 jan (Xinhua) -- A missão chinesa na Organização das Nações Unidas (ONU) tuitou na quarta-feira que a tentativa dos EUA de desafiar o princípio de Uma Só China é fadada ao fracasso.

Em resposta a um telefonema entre a embaixadora dos EUA na ONU, Kelly Craft, e Tsai Ing-wen, líder da China em Taiwan, depois que a viagem de Craft a Taipei esta semana foi cancelada, a missão chinesa da ONU tuitou que "como Representante Permanente nas Nações Unidas, Kelly Craft deve reler a Carta da ONU e a resolução 2758 (1971) da Assembleia Geral. Os EUA devem compreender que a tentativa de desafiar o princípio de Uma Só China não recebe apoio e é fadada ao fracasso".

Craft, que deixará o cargo quando Joe Biden assumir a presidência, na próxima semana, escreveu no Twitter que foi um "grande privilégio" falar com Tsai.

A missão chinesa da ONU tuitou que "está claramente declarado no Comunicado Conjunto sobre o Estabelecimento de Relações Diplomáticas entre a China e os EUA, publicado em 16 de dezembro de 1978, que os EUA reconhecem o Governo da República Popular da China como o único governo legítimo da China e, neste contexto, as pessoas dos EUA manterão relações culturais, comerciais e outras relações não oficiais com o povo de Taiwan".

"Esta ação é uma violação do compromisso que os EUA assumiram com a China e mais uma vez prova a falta de integridade do governo dos EUA", acrescentou.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001396675051