(Multimídia) Novos empréstimos em yuans aumentam em 2020 na China

2021-01-13 09:30:19丨portuguese.xinhuanet.com

Uma funcionária (direita) entrega notas em renminbi (moeda chinesa) da edição 2019 para uma cliente em uma agência do Banco Industrial e Comercial da China (ICBC) em Beijing, capital da China, em 30 de agosto de 2019. (Xinhua/Chen Yehua)

Beijing, 13 jan (Xinhua) -- Os novos empréstimos denominados em yuans da China totalizaram 19,63 trilhões de yuans (US$ 3,03 trilhões) em 2020, um aumento anual de 2,82 trilhões de yuans, mostraram nesta terça-feira os dados do Banco Popular da China (BPC), o banco central do país.

Em dezembro, os novos empréstimos chegaram a 1,26 trilhão de yuans, subindo 117 bilhões de yuans em termos anuais, de acordo com o BPC.

O M2, uma ampla medida de oferta de moeda que cobre o dinheiro em circulação e todos os depósitos, cresceu 10,1% anualmente, para 218,68 trilhões de yuans no final de 2020.

O crescimento do M2 foi 0,6 ponto percentual mais baixo que o do final de novembro, mas 1,4 ponto percentual acima do mesmo período de um ano atrás.

A estreita medida de oferta de moeda (M1), que cobre o dinheiro em circulação mais os depósitos à vista, aumentou 8,6% ano a ano, para 62,56 trilhões de yuans no final de dezembro.

O crescimento do M1 foi 1,4 ponto percentual inferior ao do final de novembro, mas 4,2 pontos percentuais superior ao mesmo período do ano anterior.

A quantidade de dinheiro em circulação (M0) subiu 9,2% em termos anuais, para 8,43 trilhões de yuans no fim do mês passado.

O banco central injetou 712,5 bilhões de yuans de caixa líquido no mercado em 2020, mostraram os dados do BPC.

O financiamento social recém-adicionado, uma medida dos fundos que indivíduos e empresas não financeiras recebem do sistema financeiro, ficou em 1,72 trilhão de yuans em dezembro, queda de 482,1 bilhões de yuans ante o mesmo período do ano anterior.

No ano passado, o total do novo financiamento social atingiu 34,86 trilhões de yuans, um aumento de 9,19 trilhões de yuans em relação ao nível de 2019.

O total do financiamento social pendente cresceu 13,3% anualmente, para 284,83 trilhões de yuans no final de 2020. Do total, os empréstimos pendentes em RMB (moeda chinesa) para a economia real foram de 171,6 trilhões de yuans, um salto anual de 13,2%.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001396632811