Primeiro-ministro britânico revela sistema em camadas "mais rígido" de restrições de COVID para substituir quarentena

2020-11-25 13:33:44丨portuguese.xinhuanet.com

Londres, 23 nov (Xinhua) - O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, anunciou na segunda-feira um sistema "mais rígido" de restrições ao coronavírus para substituir a atual quarentena da Inglaterra quando ela terminar no dia 02 de dezembro.

De acordo com o "Plano de Inverno de COVID-19", que Johnson revelou à Câmara dos Comuns (câmara baixa do parlamento), o sistema revisado de três camadas "foi projetado para nos levar com segurança à primavera".

De acordo com o primeiro-ministro, no Tier One, o nível mais baixo do novo sistema de três níveis, as pessoas nas áreas serão incentivadas a trabalharem remotamente sempre que possível.

Nas áreas de Nível Dois, pubs e bares devem fechar, a menos que estejam servindo refeições essenciais junto com bebidas alcoólicas.

Nas áreas do Nível Três, todos os pubs, bares e restaurantes devem fechar, exceto para entrega, comida para viagem e retirada. Hotéis e locais de entretenimento internos também devem fechar nessas áreas.

Johnson disse que anunciará quais áreas se enquadrarão em quais camadas no final desta semana, provavelmente na quinta-feira.

O primeiro-ministro disse estar "muito triste pelas dificuldades inevitáveis ​​para os empresários que já sofreram tanta destruição este ano".

Enquanto isso, lojas, academias e salões podem reabrir em todo o país após 02 de dezembro. A "regra dos seis" retornará, o que significa que as pessoas poderão novamente encontrar até seis pessoas de diferentes famílias ao ar livre em toda a Inglaterra.

De acordo com o plano, o culto coletivo, os casamentos e os esportes ao ar livre podem ser retomados em toda a Inglaterra, desde que o distanciamento social seja mantido.

Pela primeira vez desde a primeira quarentena do país em março, os torcedores terão permissão para voltar aos estádios esportivos ao ar livre em áreas com as taxas mais baixas de infecção por coronavírus.

Os britânicos também poderão viajar ao exterior para férias novamente a partir de 02 de dezembro, embora continuem sujeitos às regras de quarentena quando retornarem.

Johnson deve anunciar no final desta semana como as famílias em toda a Grã-Bretanha podem se reunir durante a próxima temporada de Natal.

"O Natal não pode ser normal e há um longo caminho até a primavera", disse ele.

O primeiro-ministro lembrou que "a cavalaria científica está à vista", referindo-se aos avanços nos testes, tratamento e vacinas.

"Na primavera, esses avanços devem reduzir a necessidade das restrições que suportamos em 2020 e tornar redundante todo o conceito de quarentena de COVID", disse Johnson aos parlamentares.

A Inglaterra está atualmente sob uma quarentena nacional de um mês, o segundo de seu tipo desde o surto do coronavírus na Grã-Bretanha, em uma tentativa de conter o ressurgimento do coronavírus.

Para fazer a vida voltar ao normal, países como Grã-Bretanha, China, Alemanha, Rússia e os Estados Unidos estão correndo contra o tempo para desenvolver vacinas contra o coronavírus.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001395417671