China é força positiva na salvaguarda da segurança global de alimentos, dizem funcionários

2020-10-18 17:14:14丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 18 out (Xinhua) -- A China se tornou uma força positiva na salvaguarda da segurança global de alimentos, disseram funcionários da China e da ONU no Dia Mundial da Alimentação, que caiu na sexta-feira deste ano.

Diante da pandemia de COVID-19, o governo chinês introduziu uma série de políticas para estabilizar a produção de alimentos e garantir o fornecimento, o que por sua vez garantiu preços estáveis no mercado, de acordo com Marielza Oliveira, representante da Organização para a Alimentação e a Agricultura das Nações Unidas (ONU) na China.

As empresas do comércio eletrônico na China também tomaram medidas para desenvolver canais de vendas online para produtos agrícolas, disse Oliveira.

A China conta com 9% das terras aráveis do mundo e 6% dos recursos de água doce, mas é capaz de alimentar 20% da população mundial, o que é uma contribuição significativa, disse Zhang Wufeng, chefe da Administração Nacional de Alimentos e Reservas Estratégicas.

O país continuará a aprofundar a cooperação internacional em alimentos para atingir a meta da ONU de acabar com "a fome, a insegurança alimentar e todas as formas de desnutrição" até 2030, disse Zhang.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001394492141