China disposta a ajudar mais países a ter acesso à vacina da COVID-19, diz chanceler chinês

2020-10-17 19:03:30丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 17 out (Xinhua) -- A China deixou claro que está disposta a fazer esforços dentro da sua capacidade no desenvolvimento de vacina e dar prioridade às necessidades dos países em desenvolvimento, incluindo os países da Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), disse o conselheiro de Estado e ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, na sexta-feira.

Wang fez os comentários em uma entrevista exclusiva à Xinhua após conversações na semana passada com Luhut Binsar Pandjaitan, enviado especial do presidente indonésio, e com o secretário de Relações Exteriores das Filipinas, Teodoro Locsin, na Província de Yunnan, sudoeste da China. Wang encerrou na sexta-feira sua viagem pelo Sudeste Asiático, onde visitou Camboja, Malásia, Laos, Tailândia e Cingapura.

Ao falar sobre como a China cumprirá seu compromisso de tornar as vacinas um bem público global, Wang disse que o vírus não conhece fronteiras e a luta global contra a COVID-19 só pode ser uma vitória final quando todos os países se livrarem da epidemia.

As vacinas são a "arma definitiva" para prevalecer sobre a epidemia, observou ele.

Sobre a questão da vida e saúde de toda a humanidade, a comunidade internacional deve se cooperar, disse ele, acrescentando "Não devemos lutar sozinhos, muito menos monopolizar os recursos."

Observando que a China é um dos pioneiros no desenvolvimento de vacinas, Wang disse que a China compartilhou a sequência genética do vírus com a Organização Mundial de Saúde em tempo hábil no estágio inicial da epidemia, criando as condições necessárias para o desenvolvimento global de vacinas.

A China cumprirá sinceramente seu compromisso de tornar as vacinas um produto público global, quando forem desenvolvidas e colocadas em uso com sucesso, e contribuirá para a viabilidade e acessibilidade das vacinas nos países em desenvolvimento, disse Wang.

Os países do Sudeste Asiático elogiaram a pesquisa e o desenvolvimento de vacinas da China e expressaram a esperança de conduzir uma cooperação em todas as dimensões com a China na pesquisa e desenvolvimento, compra, produção e uso de vacinas, observou ele.

A China está disposta a ajudar mais países a acessar e pagar pelas vacinas, ajudar os países a superar a epidemia e dar a contribuição da China para proteger a vida e saúde do povo na região e em todo o mundo, acrescentou Wang. Fim

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001394475661