Biden ataca política climática de Trump enquanto incêndio destrói costa oeste dos EUA

2020-09-16 14:34:03丨portuguese.xinhuanet.com

Washington, 14 set (Xinhua) - O candidato democrata à presidência dos EUA, Joe Biden, criticou na segunda-feira a negação do presidente, Donald Trump, sobre as mudanças climáticas, chamando o último de "incendiário climático" enquanto se dirigia a uma audiência no estado de Delaware sobre o incêndio em andamento na costa oeste do país.

Biden, o ex-vice-presidente dos Estados Unidos, mencionou em seu discurso uma ampla gama de desastres naturais, incluindo os incêndios florestais ocorrendo em estados do oeste como Califórnia, Oregon e Washington, as enchentes que atingiram o meio-oeste e o furacão que atingiu o sudeste, culpando a falta de ação de Trump em conter o aquecimento global por causar essas catástrofes.

"O que estamos vendo na América, em nossas comunidades, está conectado a tudo isso, com cada ataque com a fúria da natureza causada por nossa própria falta de ação sobre a mudança climática", disse Biden.

"Se dermos a um incendiário climático mais quatro anos na Casa Branca, por que alguém ficaria surpreso se tivéssemos mais da América queimando? Se deixarmos um negador climático mais quatro anos na Casa Branca, por que alguém ficaria surpreso quando mais da América estiver debaixo d'água? Precisamos de um presidente que respeite a ciência, entenda que os danos da mudança climática já estão aqui. A menos que tomemos medidas urgentes, logo será mais catastrófico", disse ele.

Biden incorporou seu plano climático à sua visão econômica, vendo-o como uma forma de criar empregos. Com foco no financiamento de pesquisa e desenvolvimento, o plano visa a transição para tecnologias mais limpas, incluindo veículos elétricos e energias renováveis, bem como a exigência de que toda a energia fique livre de carbono até 2035.

"Quando Donald Trump pensa em mudança climática, ele pensa em farsa. Quando penso em mudança climática, penso em empregos", disse Biden.

"O negócio é o seguinte. Furacões não desviam para evitar estados vermelhos ou azuis. Incêndios florestais não ignoram cidades que votaram de uma determinada maneira. Os impactos da mudança climática não selecionam e escolhem. Isso porque não é um fenômeno partidário", acrescentou ele.

Trump viajou para a Califórnia na segunda-feira para inspecionar a situação local, negando o papel da mudança climática no incêndio florestal que bloqueou o sol e deixou o céu vermelho.

"Vai começar a esfriar. Basta ver", disse o presidente em uma mesa redonda em McClellan Park, Califórnia. Quando um membro do painel expressou a opinião de que a ciência discordava da afirmação do presidente, ele rebateu, dizendo: "Não acho que a ciência realmente saiba".

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001393723611