Economia brasileira entra em recessão no primeiro trimestre de 2020, afirma FGV

2020-06-30 19:34:56丨portuguese.xinhuanet.com

Rio de Janeiro, 29 jun (Xinhua) -- A economia brasileira, a maior da América Latina, entrou em recessão no primeiro trimestre de 2020, pondo fim a um ciclo de crescimento fraco de três anos entre 2017 e 2019, segundo um relatório divulgado nesta segunda-feira pelo Comitê de Datação de Ciclos Econômicos (Codace) da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Formado por oito economistas de diversas instituições, o Codace identificou um pico na economia brasileira no quarto trimestre de 2019, após o qual, o país entrou em recessão.

"O pico representa o final de uma expansão econômica que durou 12 trimestres, entre o primeiro trimestre de 2017 e o quarto de 2019, e sinaliza a entrada do país em uma recessão a partir do primeiro trimestre de 2020", afirma o relatório.

Segundo o Codace, a expectativa é que a recessão atual seja curta, mas com uma intensidade recorde, considerando os dados dos últimos 40 anos.

A decisão do comitê foi unânime e levou em conta vários dados econômicos já divulgados este ano, como a contração de 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre do ano em comparação com os três meses anteriores.

Também foram levados em consideração todos os dados que indicam que, no segundo trimestre, a economia brasileira pode chegar a sofrer uma queda de 10% devido às medidas de isolamento social decretadas para enfrentar a pandemia da COVID-19.

Para o Codace, a economia brasileira já não estava bem no início de 2020 e a situação piorou com a COVID-19, que obrigou o fechamento da maioria das atividades econômicas no país e, também, fez com que a confiança dos empresários e dos consumidores atingisse em abril o seu menor nível histórico

Segundo o mercado financeiro, a economia brasileira deve contrair 6,54% este ano, enquanto o Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê uma queda do PIB de 9,1% que, caso se confirme, seria o pior resultado para o país em 120 anos.

O Codace foi criado em 2004 pela FGV para determinar uma cronologia de referência para os ciclos econômicos brasileiros.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001391783001