Mercado financeiro projeta queda de 6,54% no PIB brasileiro em 2020

2020-06-30 12:37:04丨portuguese.xinhuanet.com

Brasília, 29 jun (Xinhua) -- Os analistas do mercado financeiro do Brasil elevaram sua previsão de queda do Produto Interno Bruto (PIB) este ano, que passou de 6,50% para 6,54%, de acordo com a pesquisa Focus realizada entre as principais instituições financeiras e divulgada nesta segunda-feira pelo Banco Central.

A projeção para o crescimento do PIB no próximo ano foi mantida em 3,50%.

Os economistas elevaram sua estimativa para o índice de inflação este ano de 1,61% para 1,63%, enquanto que para 2021, foi mantida em 3%.

As previsões estão dentro da meta oficial, que é de 4% em 2020 e de 3,75% em 2021, com um intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para acima ou para baixo.

Os analistas reduziram a estimativa para a taxa básica de juros Selic no final do ano de 2,25%, nível atual para 2% e para o próximo ano a mantiveram em 3%

Isso significa que o mercado espera que o Comitê de Política Monetária do Banco Central proceda um novo corte da Selic de 0,25 ponto percentual, que seria o último do processo de flexibilização monetária iniciado em meados do ano passado, quando a Selic estava em 6,5%.

A projeção para a taxa de câmbio se manteve em 5,20 reais por dólar no final deste ano e em 5 reais por dólar no final do próximo ano.

Para o saldo da balança comercial (resultado do total de exportações menos importações), os analistas projetaram US$ 53 bilhões para 2020 e mantiveram a estimativa de US$ 55 bilhões para 2021.

A previsão para a entrada de investimentos estrangeiros diretos no Brasil é de US$ 57,5 bilhões para 2020 e de US$ 72,5 bilhões para 2021.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001391775111