Tailândia permite entrada dos viajantes de negócios da parte continental da China, Hong Kong da China, Japão, Coreia do Sul e Cingapura a partir de 1º de julho

2020-06-30 10:31:42丨portuguese.xinhuanet.com

Bancoc, 29 jun (Xinhua) -- O Centro de Administração da Situação da COVID-19 (CCSA) do governo tailandês anunciou nesta segunda-feira que os viajantes de negócios e os convidados do governo da Tailândia, com uma curta permanência e provenientes da parte continental da China, Hong Kong da China, Japão, Coreia do Sul e Cingapura, podem entrar no país a partir de 1º de julho.

"Esse arranjo especial permitirá no início a entrada de 200 viajantes por dia", afirmou Dr. Taweesin Visanuyothin, porta-voz da instituição.

Ele disse que o número de viajantes de entrada aumentará à medida que mais quartos sejam disponibilizados para a quarentena estatal alternativa (ASQ), e o arranjo especial permitirá a entrada em grupos de não mais de 10 pessoas por um curto período.

Taweesin disse que os viajantes de entrada serão testados para a COVID-19 antes de viagem e na chegada à Tailândia.

"Esses viajantes se sujeitarão a monitoramentos constantes pelas autoridades da saúde e da segurança", disse Taweesin. "Eles devem enviar o itinerário da Tailândia com antecedência e só poderão viajar de carro particular".

O CCSA também divulgou um comunicado à imprensa, indicando que cônjuges e filhos estrangeiros de titulares de permissão de trabalho, estrangeiros com direitos de residência na Tailândia, estrangeiros casados com tailandeses, estrangeiros que procuram tratamento médico na Tailândia (em exceção à COVID-19) e estudantes internacionais e seus responsáveis, podem entrar na Tailândia a partir de 1º de julho.

Taweesin disse que esses visitantes estrangeiros não podem comprar um bilhete de avião e esperar entrada imediata na Tailândia.

Para os estrangeiros com permissão de trabalho (WP3) e com certificado de BOI, eles devem entrar em contato com a Embaixada ou consulado tailandês local para obter uma permissão de viagem à Tailândia, de acordo com o porta-voz.

A Autoridade de Aviação Civil da Tailândia (CAAT) organizará assentos a bordo de voos de repatriação para passageiros elegíveis.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001391772371