(Multimídia) Beijing inaugura veículos adaptados para testes em massa da COVID-19

2020-06-29 18:46:45丨portuguese.xinhuanet.com

Um membro da equipe médica colhe uma amostra de swab de um homem em um veículo móvel recém-adatado de testagem no distrito de Xicheng, em Beijing, capital da China, em 28 de junho de 2020. (Xinhua/Ju Huanzong)

Beijing, 29 jun (Xinhua) -- A capital chinesa inaugurou dois veículos adaptados para auxiliar nos testes em massa nos condomínios contra a COVID-19.

"Com os veículos móveis de testagem, a equipe médica pode trabalhar 'em espaços fechados' com ar-condicionado e em um ambiente desinfectado enquanto está muito quente na rua", disse Zhang Kehong, vice-presidente executivo do Hospital Zhanlanlu, em Beijing.

Zhang disse que a equipe médica que recolhe amostras de swab nas ruas com roupas de proteção precisava mudar de turno a cada duas horas por causa do calor do verão. O veículo melhorou bastante seu ambiente de trabalho.

Os veículos de testagem são feitos a partir de ônibus elétricos fornecidos pela Foton, uma subsidiária da montadora chinesa BAIC Motor. Estão atualmente implantados nos distritos de Xicheng e Chaoyang, em Beijing.

Cheng Hua, diretor de produtos da Foton AUV Bus, disse que os veículos foram equipados com dispositivos automáticos de detecção de temperatura corporal e purificação do ar para garantir a segurança da equipe médica e prevenir o risco de infecções cruzadas.

Cada um dos veículos abre cinco janelas, com uma para registro e as outras quatro para coleta de amostras de swab.

"O processo de testagem leva 30 segundos. A equipe médica em uma janela pode coletar cerca de 100 amostras em uma hora", informou Zhang.

Liu Yaoyong, funcionário do subdistrito de Zhanlanlu, disse que o local de testagem atende a 22 condomínios com 100 mil residentes permanentes. Entre eles, 50 mil pessoas passaram por testes de ácido nucleico até agora.

Quase 8,3 milhões de residentes de Beijing fizeram teste de ácido nucleico até o meio-dia de domingo desde o ressurgimento de casos da COVID-19 transmitidos localmente, declararam autoridades locais no domingo.

A capacidade diária de testes da cidade foi expandida para 458 mil amostras, ante 40 mil em 11 de junho.

De 11 a 28 de junho, Beijing relatou 318 casos confirmados da COVID-19 transmitidos localmente, depois que a cidade observou 57 dias sem registros de casos transmitidos localmente.

Cheng afirmou que a Foton atenderá à demanda de Beijing de reequipar mais veículos para ajudar nos testes em massa nas ruas da cidade, conforme exigido pelo governo municipal.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001391755601