China pede a EUA que resolvam preocupação internacional sobre seus biolaboratórios

2020-04-29 19:29:28丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 29 abr (Xinhua) -- A China pediu nesta quarta-feira aos Estados Unidos que levem a sério a preocupação da comunidade internacional sobre seus biolaboratórios nos países da ex-União Soviética e protejam a saúde e a segurança dos povos locais, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Geng Shuang, nesta quarta-feira.

O funcionário fez as observações em uma coletiva de imprensa de rotina depois que um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores russo expressou tal preocupação.

A mídia estrangeira também divulgou que esses laboratórios são completamente liderados pelo lado americano e recebem ordens do Ministério da Defesa dos EUA para estudar doenças perigosas direcionadas a grupos específicos de pessoas ou mesmo realizar alguns projetos de pesquisa que são proibidos nos Estados Unidos.

"Os Estados Unidos estabeleceram uma série de laboratórios biológicos nos países da ex-União Soviética, mas mantiveram silêncio sobre suas funções, usos e fatores de segurança", disse Geng, observando que a medida despertou profunda preocupação entre as pessoas locais e os países vizinhos, e algumas pessoas exigem fortemente o fechamento dos laboratórios relevantes.

"Esperamos que o lado americano leve a sério a preocupação da comunidade internacional, considere a saúde e a segurança da população local de forma responsável e tome medidas concretas para reduzir as preocupações", disse ele.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001390184761