(Multimídia) Beijing exige teste de ácido nucleico para todos pacientes em clínicas de febre

2020-03-26 12:34:45丨portuguese.xinhuanet.com

Uma mulher que voltou da Província de Hubei (2ª à esquerda) aceita verificação de informação em um ponto de controle no distrito de Dongcheng, Beijing, capital da China, em 25 de março de 2020. O primeiro lote de mais de 800 pessoas que ficavam presas na Província de Hubei, região mais afetada pelo vírus, chegou a Beijing na quarta-feira à tarde, depois que Hubei retirou a partir da quarta-feira restrições na viagem de saída em todas as áreas com exceção de sua capital, Wuhan. (Xinhua/Chen Zhonghao)

Beijing, 26 mar (Xinhua) -- Beijing pediu a todas as clínicas de febre da cidade que submetam todos os pacientes febris ao teste de ácido nucleico (NAT), anunciou o grupo de liderança municipal de controle epidêmico da COVID-19.

A capital chinesa também está exigindo que todos os que vierem do exterior e aqueles que visitarem a cidade depois de chegar a outros portos chineses vindos do exterior dentro de 14 dias sejam submetidos ao NAT e a uma quarentena concentrada a partir desta quarta-feira, visto que o número de casos importados da COVID-19 continua aumentando.

Beijing confirmou seis novos casos importados de COVID-19 na quarta-feira, elevando o número total de infecções importadas na cidade para 149, segundo os dados divulgados pela comissão municipal de saúde nesta quinta-feira.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001389188641