Confiança e cooperação entre China e Alemanha serão fortalecidas após epidemia, diz chanceler chinês

2020-02-14 19:53:35丨portuguese.xinhuanet.com

Berlim, 14 fev (Xinhua) -- A confiança e a cooperação entre a China e a Alemanha serão melhoradas após o teste da pneumonia causada pelo novo coronavírus, disse nesta terça-feira o conselheiro de Estado chinês e ministro das Relações Exteriores, Wang Yi.

Ele fez o comentário durante sua reunião em Berlim com a chanceler alemã, Angela Merkel, à margem da 56ª Conferência de Segurança de Munique (MSC, em inglês).

Durante o encontro, Merkel observou que a China adotou medidas firmes e fortes de prevenção e controle, dizendo que o lado alemão aprecia os grandes esforços e está disposto a oferecer apoio e cooperar com o país.

Merkel expressou confiança de que a China vencerá a batalha contra a epidemia.

Wang assinalou que o governo e o povo chinês, sob a liderança do presidente Xi Jinping, estão lutando contra a epidemia, acrescentando que o número decrescente de casos confirmados e o crescente número de pacientes curados sugerem que a doença é controlável e curável.

"Primeiro estamos protegendo a saúde do povo chinês e, ao mesmo tempo, tentando impedir que a epidemia se espalhe em escala global, contribuindo assim para a segurança global da saúde pública", destacou Wang, acrescentando que o lado chinês tem total confiança e capacidade de vencer a luta e lidar com o impacto temporário da epidemia, a fim de alcançar as metas de desenvolvimento econômico e social deste ano e a construção de uma sociedade moderadamente próspera em todos os aspectos.

Segundo Wang, o lado alemão adotou uma atitude calma e racional em relação à epidemia, deu importância às recomendações da Organização Mundial da Saúde e permaneceu comprometido com os intercâmbios normais entre os dois países, o que a China aprecia.

Merkel observou que este ano haverá uma série de grandes agendas entre a Alemanha e a China, bem como entre a China e a União Europeia (UE), apontando que está disposta a manter um contato estreito com o governo chinês e a impulsionar ativamente a cooperação com a China.

Quanto à construção do 5G, ela disse que o lado alemão gostaria de se juntar à China na abertura de seus respectivos mercados e não excluirá nenhuma empresa em particular, acrescentando que espera que a UE e a China possam trabalhar juntas para acelerar as negociações sobre um acordo de investimento bilateral.

Merkel também salientou que seu país atribui importância ao papel chave da China nos principais assuntos internacionais e regionais e está disposto a intensificar sua comunicação e coordenação.

A China e a Alemanha são grandes países e parceiros estratégicos abrangentes, assinalou Wang, acrescentando que é necessário aumentar a confiança política mútua, fortalecer a coordenação estratégica e lidar em conjunto com os desafios comuns que o mundo enfrenta hoje.

Ele disse esperar que o lado alemão possa proporcionar às empresas chinesas um ambiente de investimento aberto, não discriminatório e justo, acrescentando que o lado chinês está disposto a dar as mãos à Alemanha para melhorar o relacionamento China-UE, manter o multilateralismo e as regras internacionais e criar uma economia mundial aberta, numa tentativa de provar que a China e a UE são parceiros de cooperação, mas não concorrentes.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001387841761