Presidente do Brasil designa chefe do Estado Maior do Exército como chefe da Casa Civil

2020-02-14 12:53:36丨portuguese.xinhuanet.com

Brasília, 13 fev (Xinhua) -- O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, confirmou nesta quinta-feira duas mudanças em sua equipe ministerial, com a designação do general Walter Souza Braga Netto, chefe do Estado-Maior do Exército, como novo chefe da Casa Civil, em substituição a Onyx Lorenzoni, quem, por sua vez, assumirá o ministério da Cidadania, no lugar de Osmar Terra.

O general de quatro estrelas, de 66 anos, Braga Netto ocupa o segundo posto na hierarquia do Exército e foi interventor federal na segurança pública do estado do Rio de Janeiro em 2018, por determinação do então presidente Michel Temer.

Braga Netto foi também Comandante Militar do Leste, responsável pelas atividades do Exército nos estados do Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Um dos responsáveis pela coordenação da segurança dos Jogos Olímpicos do Rio em 2016, o general também trabalhou no serviço de inteligência do Exército e foi observador militar durante a missão de manutenção da paz das Nações Unidas no Timor Leste, Sudeste Asiático.

Em seu novo posto como chefe da Casa Civil da Presidência da República, coordenará as ações dos diferentes ministérios e terá sob seu comando uma secretaria especial que trata do processo de adesão do Brasil à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Por sua vez, Onyx Lorenzoni, dirigente do partido Democratas (DEM), assumirá o cargo deixado por Osmar Terra, que retomará seu mandato como deputado federal pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB).

A pasta da Cidadania controla as principais políticas sociais do governo federal, incluindo o programa Bolsa Família, que está sendo reformulado pela atual administração.

Desde que tomou posse há pouco mais de um ano, Bolsonaro já fez sete mudanças no primeiro escalão do governo.

No ministério da Educação, trocou Ricardo Vélez por Abraham Weintraub; na Secretaria Geral da Presidência trocou Gustavo Bebianno por Floriano Peixoto e este, por Jorge Oliveira: na Secretaria de Governo, substituiu o general Santos Cruz pelo general Luiz Eduardo Ramos e, na semana passada, substituiu o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, por Rogério Marinho.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001387832331