Apenas dois terços dos jovens finlandeses completam serviço militar, segundo chefe do exército

2020-02-14 14:07:27丨portuguese.xinhuanet.com

Helsinque, 12 fev (Xinhua) - Apenas dois terços dos jovens na Finlândia completam o serviço militar nacional, disse na quarta-feira o comandante do exército finlandês, Petri Hulkko.

O outro terço dos jovens interrompe o serviço militar ou escolhe o serviço civil desde o início, disse o tenente-general, Petri Hulkko, em entrevista coletiva.

A saúde mental está no topo da lista de razões para não poder prestar serviço militar nacional, de acordo com o chefe do exército.

"Os desafios de saúde mental prevalecem como motivo para a interrupção, os problemas de condição física têm um papel secundário", disse Hulkko à emissora nacional finlandesa Yle.

Hulkko acrescentou que acomodações em estilo militar também podem causar ansiedade entre os recrutas.

Embora os homens finlandeses sejam obrigados por lei a prestar serviço militar nacional, as mulheres podem prestar voluntariamente.

Hulkko disse que o número de mulheres convocadas deve ser dobrado ou triplicado para substituir seus colegas homens que não podem servir.

Da entrada anual de cerca de 24.000 recrutas atualmente, 1.000 são mulheres, disse no mês passado o ministro da Defesa finlandês, Antti Kaikkonen.

 

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001387828531