Questões de saúde são as maiores preocupações para alemães, segundo estudo

2020-02-14 14:07:27丨portuguese.xinhuanet.com

Berlim, 12 fev (Xinhua) - Os alemães estão mais preocupados em se tornar um caso de enfermagem por doenças como demência na velhice, de acordo com um estudo publicado pelo Instituto Allensbach (IfD Allensbach) na quarta-feira.

Os riscos à saúde continuam no topo da "lista muito pessoal de preocupações da população alemã". O estudo anual do instituto, encomendado pelo Centro de Estratégia e Liderança Superior (GLH), é compilado desde 2011.

Os efeitos das mudanças climáticas são a segunda maior preocupação dos alemães. Quarenta por cento dos entrevistados alemães disseram que estavam "muito preocupados" com as mudanças climáticas, seguidos por doenças com risco de vida, como o câncer, com 35 por cento.

Como resultado da sólida economia da Alemanha, as preocupações econômicas pessoais "diminuíram continuamente" nos últimos sete anos. Em 2013, quase metade de todos os alemães ainda estava muito preocupada com possíveis perdas de renda. Este número já caiu para apenas cerca de um quarto.

Por outro lado, muitos alemães estão negativos quanto ao desenvolvimento da situação de segurança na Alemanha. Segundo o estudo, cerca de dois terços dos alemães estão "muito preocupados com o aumento da violência e do crime, bem como com as tendências extremistas na Alemanha".

As preocupações dos alemães com a segurança também são refletidas por 78 por cento dos entrevistados que apoiam a instalação e operação de câmeras de vídeo e dispositivos de reconhecimento automático de rosto em locais públicos, como estações de trem ou aeroportos, para melhorar a prevenção ao crime.

Em relação às questões internacionais, o medo de guerra entre os alemães "aumentou significativamente", com 58 por cento dos entrevistados preocupados que a situação na Europa e no mundo esteja se tornando cada vez mais imprevisível.

Quase metade de todos os entrevistados temem que a Alemanha possa ser envolvida em conflitos militares, e um quarto deles está até muito preocupado que a Alemanha possa ser atraída para uma guerra. No ano passado, esse número foi de apenas 15 por cento.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001387828341