(Multimídia) EUA retiram acusações contra a China sobre manipulação de moeda

2020-01-14 10:45:07丨portuguese.xinhuanet.com

Uma funcionária demonstra as notas e moedas incluídas na edição 2019 da quinta séria do renminbi em um filial do Banco Industrial e Comercial da China (ICBC) em Beijing, capital da China, em 30 de agosto de 2019. (Xinhua/Chen Yehua)

Washington, 13 jan (Xinhua) -- Os Estados Unidos retiraram a acusação sobre a China de manipulação de moeda, segundo um relatório do Departamento do Tesouro norte-americano divulgado nesta segunda-feira.

No semi-anual Relatório sobre Políticas Macroeconômicas e Cambiais dos Principais Parceiros Comerciais dos EUA, o órgão avalia que nenhum grande parceiro comercial dos EUA cumpriu com os critérios legislativos relevantes para a manipulação de moeda.

O secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, disse em um comunicado que o departamento avaliou os desenvolvimentos nos últimos meses com a China e suas práticas de moeda, e que "a China cumpriu compromissos obrigatórios para evitar uma desvalorização competitiva, enquanto promove a transparência e a responsabilização."

Mark Sobel, presidente do Fórum de Instituições Monetárias e Financeiras Oficiais dos EUA, um think tank independente, disse no Twitter que essa é uma "boa notícia", qualificando a designação anterior como um ato político "grosseiro" e "errante".

"A China não deveria ter sido designada antes de tudo", disse Sobel, que foi o representante dos EUA no Fundo Monetário Internacional (FMI) e serviu como vice-secretário adjunto do Departamento do Tesouro. Ele observou que o superávit na conta corrente da China é pequeno em termos de proporção com o PIB, e que há "intervenção escassa".

Em agosto, em meio a tensões comerciais elevadas, o Departamento do Tesouro decidiu rotular a China um manipulador de moeda, ato que recebeu forte crítica no país e no exterior, com muitos argumentando que a designação era infundada e irresponsável.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001387033201