Polícia brasileira prende 80 pessoas em grande operação contra a maior quadrilha do país

2019-11-29 10:17:33丨portuguese.xinhuanet.com

Rio de Janeiro, 28 nov (Xinhua) -- A polícia brasileira prendeu pelo menos 80 pessoas na quarta-feira em uma grande operação em todo o país contra o Primeiro Comando da Capital (PCC), maior organização criminosa do Brasil.

Batizada como "Flash Back", a operação, que envolveu mais de mil policiais civis e militares, busca cumprir 110 mandados de prisão em oito estados, principalmente em Alagoas (nordeste), e também em Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, São Paulo, Tocantins e Sergipe. Uma pessoa morreu após enfrentamento com os agentes.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de Alagoas, as investigações começaram há sete meses depois de se detectar um alto número de mortes ordenadas pelo "tribunal do crime", no qual os inimigos do PCC acabavam torturados e sentenciados à morte pelos líderes da facção criminosa.

As investigações indicaram que as ordens para os "tribunais do crime" saiam do estado de Mato Grosso do Sul através do traficante conhecido como Maré Alta, apontado como chefe do PCC depois da prisão do seu líder e fundador, "Marcola", que cumpre pena há anos em uma penitenciaria de segurança máxima.

Todos os detidos na operação são acusados de sequestros, assaltos e tráfico de drogas.

O PCC nasceu em uma prisão do estado de São Paulo na década de 1990 e é considerado como a maior organização criminosa do Brasil, baseada principalmente no tráfico de drogas e armas.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001385921571