Digitalização do turismo em Portugal pode criar 50 mil empregos, diz estudo

2019-11-27 15:37:30丨portuguese.xinhuanet.com

Lisboa, 27 nov (Xinhua) -- A maior aposta na digitalização da indústria do turismo português poderá gerar 50 mil empregos adicionais em Portugal nos próximos anos, segundo um estudo da Oxford Economics encomendado pelo Google e divulgado na terça-feira.

O estudo mostrou que "existe um potencial para o crescimento das receitas turísticas" e "é possível gerar mais 50 mil empregos" com a digitalização, disse José Maria Júdice, diretor de indústria para o turismo do Google em Portugal, à agência portuguesa de notícias Lusa.

"As melhorias na conectividade digital em Portugal, desde 2012, geraram quase 50 mil empregos no turismo, uma proporção significativa face aos 250 mil empregos totais criados pelo turismo entre 2012 e 2018", disse o estudo da Oxford Economics, acrescentando que "há hoje oportunidades para criar 50 mil novos empregos em Portugal nos próximos anos".

"Maior investimento na infraestrutura digital, competências digitais e maior atividade digital são fatores críticos de sucesso para atingir os objetivos", acrescentou o estudo.

"Cerca de 80% das pesquisas por viagens já acontecem no digital. É importante como país que continuemos com a melhoria dos conteúdos 'online' e na capacitação das pessoas que trabalham no setor do turismo para estarem mais confortáveis com o digital", disse Júdice.

O estudo também apontou que 83% dos alojamentos disponíveis em Portugal já pode ser reservado pela internet, gerando 41% do volume de vendas do setor.

A Oxford Economics é uma empresa que analisa as tendências econômicas e já tinha feito estudos do turismo em países no sul da Europa.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001385870041