Jordanianos libertados por Israel retornam para casa

2019-11-08 16:28:57丨portuguese.xinhuanet.com

 

A jordaniana, Hiba Labadi, faz sinal de vitória em sua chegada à fronteira com a ponte King Hussein, na Jordânia, no dia 6 de novembro de 2019. Os jordanianos Hiba Labadi e Abdulrahman Meri chegaram na quarta-feira à Jordânia após a libertação de Israel, de acordo com um comunicado da Ministério das Relações Exteriores da Jordânia. Os dois jordanianos foram detidos pelas autoridades israelenses depois de atravessar a ponte King Hussein, na fronteira Jordânia-Israel. (Foto de Mohammad Abu Ghosh/Xinhua)

Amã, 6 nov (Xinhua) -- Os jordanianos Hiba Labadi e Abdulrahman Meri, chegaram na quarta-feira à Jordânia após a libertação de Israel, de acordo com um comunicado do Ministério das Relações Exteriores da Jordânia.

O ministério pediu a libertação de Labadi e Meri, que foram colocados sob detenção administrativa pelas forças israelenses, o que é uma violação do direito internacional.

Israel deteve Labadi, 32 anos, e Meri, 29 anos, na travessia de Allenby, no vale do Jordão, nos dias 20 de agosto e 2 de setembro, respectivamente.

O ministro das Relações Exteriores da Jordânia, Ayman Safadi, disse na segunda-feira que Israel prometeu libertar os detidos Labadi e Meri antes do final da semana.

O acordo foi resultado de discussões e procedimentos intensificados que o ministério iniciou em coordenação com todas as partes interessadas desde a detenção de Labadi e Meri.

Os dois jordanianos foram detidos pelas autoridades israelenses depois de atravessar a ponte King Hussein, na fronteira Jordânia-Israel.

Na semana passada, o Ministério das Relações Exteriores da Jordânia anunciou que as autoridades prenderam um cidadão israelense que havia se infiltrado no Jordão através das fronteiras do norte.

Também na semana passada, a Jordânia lembrou o embaixador da Jordânia em Tel Aviv em protesto à detenção prolongada de dois jordanianos por Israel.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001385394211