Angola tem 500 mil pessoas sob insegurança alimentar, diz funcionária

2019-11-06 16:45:56丨portuguese.xinhuanet.com

Luanda, 6 nov (Xinhua) -- Mais de 500 mil pessoas em Angola enfrentam insegurança alimentar por causa da grave seca em várias províncias, disse uma funcionária do governo na terça-feira.

Em declaração divulgada à imprensa, Ermelinda Kaliengue, chefe do gabinete de segurança alimentar do Ministério da Agricultura e Florestas da Angola, afirmou que o governo já aprovou novas políticas e programas para avaliar o problema.

Kaliengue disse que, dessas 500 mil pessoas, mais de 200 mil estão em uma situação particularmente perigosa.

"O que é preciso fazer é estabelecer políticas e programas. Não só precisamos tratar das crises, mas também temos que prevenir a repetição das situações", disse Kaliengue.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001385332771