China está no caminho de cumprir meta de emissão de usinas termelétricas, diz relatório

2019-10-10 16:04:21丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 10 out (Xinhua) -- A China reduziu os níveis de poluição de suas usinas termelétricas nos últimos cinco anos e está no caminho de cumprir uma importante meta de emissões para 2020, informou o China Daily nesta quinta-feira.

Pesquisadores da China e do Reino Unido determinaram que o país asiático reduziu mais da metade das emissões de dióxido de enxofre, óxido de nitrogênio e material particulado entre 2014 e 2017. Os três materiais causam poluição atmosférica, que está ligada a problemas de saúde.

A equipe de pesquisadores analisou as emissões das usinas termelétricas, que queimam carvão, petróleo, gás natural ou biomassa para produzir energia, com foco especial nas usinas a carvão, os principais contribuintes para a poluição atmosférica.

De acordo com o estudo, publicado na revista Nature, os níveis de emissões de dióxido de enxofre na China caíram de 2,21 milhões de toneladas métricas em 2014 para 770 mil toneladas em 2017, queda de 65%.

Os níveis de óxido de nitrogênio e de material particulado também caíram 60% e 73%, respectivamente.

O estudo sugere que a China está a caminho de atingir sua meta de redução de 60% de poluentes em todas as usinas até 2020.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001384610821