Revisão da Lei de Estatísticas garantirá melhor autenticidade de dados

2019-10-09 19:04:21丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 9 out (Xinhua) -- O Departamento Nacional de Estatísticas (DNE) da China determinou que aqueles que oferecem dados, bem como seus superiores, devem ser responsabilizados assim que forem encontrados dados falsos em seus departamentos ou regiões.

O órgão começou a solicitar opiniões públicas sobre um novo projeto de revisão da Lei de Estatísticas, que visa reforçar os esforços para garantir a autenticidade na recolha de dados, através de atribuir responsabilidade e designar a fabricação de dados como negligência do dever, informou o China Daily nesta quarta-feira.

O projeto pede que os órgãos estatísticos de nível distrital e superiores estabeleçam um mecanismo de responsabilidade para impedir e punir a invenção de dados, assim como os responsáveis pelo trabalho do falsificador.

O DNE organizará inspeções nas regiões e departamentos para garantir a implementação das leis e regulamentos, bem como das decisões e planos que administram o trabalho estatístico.

O projeto também propõe promover a aplicação da internet, big data, computação em nuvem e inteligência artificial no trabalho estatístico para torná-lo mais científico e eficaz.

O objetivo da revisão é "construir um sistema moderno de estatísticas na nova era, melhorar a autenticidade, precisão, integridade e pontualidade dos materiais estatísticos, utilizar todo o potencial da estatística no crescimento social e econômico, promovendo desenvolvimento de alta qualidade ", afirmou o DNE em um comunicado.

O público pode apresentar pareceres até o dia 9 de novembro.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001384585861