Bolsonaro critica seu próprio partido e diz que seu presidente está muito "queimado"

2019-10-09 13:24:21丨portuguese.xinhuanet.com

Brasília, 8 out (Xinhua) -- O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, do Partido Social Liberal (PSL), pediu a um apoiador que "se esqueça" dessa força política e criticou o presidente nacional do partido, o deputado federal Luciano Bivar, que estaria "muito queimado".

O apoiador se aproximou de Bolsonaro na porta da residência oficial do Palácio Alvorada, local que nos últimos tempos, o presidente tem parado para falar com eleitores, e se apresentou como pré-candidato do PSL no Recife, Pernambuco.

Em seguida, o presidente cochichou em seu ouvido: "Esquece o PSL". Mesmo assim, ele gravou um vídeo com o presidente ao seu lado dizendo "Eu, Bolsonaro e Bivar juntos por um novo Recife".

Bolsonaro, então pediu que o vídeo não fosse divulgado. "Cara, não divulga isso não, cara. O cara tá queimado para caramba lá. Entendeu? E vai queimar o meu filme também. Esquece esse cara. Esquece o partido".

O rapaz aceitou a orientação e refez o vídeo. "Vou esquecer, vou esquecer" e refez o vídeo com os dizeres "Recife, eu e Bolsonaro!".

O PSL, partido a que Bolsonaro se filiou no início do ano passado para apresentar sua candidatura à presidência, enfrenta uma crise severa depois das denúncias de que alguns de seus dirigentes teriam financiado suas campanhas através do uso de candidaturas falsas em alguns estados a fim de receber dinheiro do fundo público de campanha.

Entre os denunciados estão o atual ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, que está sob investigação da promotoria do estado de Minas Gerais e o presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, em Pernambuco.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001384579671