China e países com ideias semelhantes destacam multilateralismo no órgão de direitos da ONU

2019-09-11 16:31:57丨portuguese.xinhuanet.com

Genebra, 10 set (Xinhua) - Um diplomata chinês disse na terça-feira que a China e os países com ideias semelhantes estão prontos para trabalhar com outras partes para defender o multilateralismo e defender o diálogo e a cooperação.

Transmitindo uma declaração em nome do grupo de Países com Ideias Semelhantes, Chen Xu, chefe da Missão Chinesa na ONU em Genebra, disse durante a 42ª sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU que devido crescente incerteza e instabilidade no mundo, "o multilateralismo é mais imperativo do que nunca".

Chen esperava que o órgão de direitos das Nações Unidas defendesse os propósitos e princípios da Carta das Nações Unidas e trabalhasse consistentemente de maneira imparcial, objetiva, construtiva e não seletiva, além de se opor à politização da agenda de direitos humanos e padrões duplos.

A China e os países com ideias semelhantes também esperam que o órgão de direitos humanos da ONU promova o diálogo e a cooperação entre várias partes e se oponha a nomear, envergonhar e exercer pressão pública, disse o diplomata chinês.

Ele acrescentou que o órgão de direitos da ONU também deve aumentar o investimento em direitos econômicos, sociais, culturais e direito ao desenvolvimento, destacar o papel do desenvolvimento na promoção e proteção dos direitos humanos e fazer maiores esforços para combater o racismo, a discriminação racial e o discurso de ódio.

Chen disse na sessão que os países também esperam que o órgão de direitos da ONU respeite o caminho de desenvolvimento escolhido de forma independente por um país, reconheça o progresso e os esforços dos estados no campo dos direitos humanos e compartilhe boas práticas em direitos humanos entre os estados.

A China continuará apoiando a Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, e seu escritório "em seu trabalho de acordo com seu mandato, visando alcançar o desenvolvimento saudável da causa internacional dos direitos humanos", disse Chen.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001383840511