China sediará evento internacional sobre patrimônio cultural intangível

2019-09-11 10:05:06丨portuguese.xinhuanet.com

Uma menina assiste a um teatro de sombras em uma feira de patrimônio cultural intangível em Guangzhou, capital da Província de Guangdong, sul da China, 8 de junho de 2019. (Xinhua/Deng Hua)

Beijing, 11 set (Xinhua) -- O sétimo Festival Internacional do Patrimônio Cultural Imaterial será realizado em Chengdu, capital da Província de Sichuan, no sudoeste da China, de 17 a 22 de outubro.

O festival será co-organizado pelo Ministério da Cultura e Turismo (MCT), pelo governo da Província de Sichuan, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) e pela Comissão Nacional Chinesa para a UNESCO, divulgou o MCT em uma coletiva de imprensa na terça-feira.

O festival começará com uma performance artística durante a cerimônia de abertura e contará com um fórum internacional sobre o patrimônio cultural imaterial e outras atividades de apoio, disse Zhao Hongchuan, funcionário do departamento provincial de cultura e turismo de Sichuan, durante a coletiva.

Participantes provenientes de quase 100 países e regiões participarão do festival.

Iniciado em 2007, o evento bienal tem como objetivo promover a preservação do patrimônio cultural imaterial e já atraiu mais de 4 mil representantes de mais de 130 países, regiões e organizações não governamentais nos últimos anos, disse Xie Jinying, funcionário do MCT.

O evento deste ano também incluirá um programa de capacitação da UNESCO para os funcionários de mais de 20 signatários da Convenção de 2003 para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial na região Ásia-Pacífico, informou Xie.

"O festival se tornou uma plataforma internacional para compartilhar as experiências sobre a preservação do patrimônio cultural intangível e aprimorar o diálogo entre as diferentes civilizações", disse Hu Yan, funcionário sênior da pasta.

Ao destacar os progressos realizados pela China a esse respeito, Hu apontou que a lista de patrimônios culturais intangíveis chineses de nível estadual tem 1.372 itens e 40 desses já foram inscritos na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO.

Um total de 3.068 herdeiros de patrimônio cultural intangível de nível estadual foi credenciado, disse Hu.

O governo central destinou 5,4 bilhões de yuans (US$ 762,71 milhões) para a preservação de patrimônios desde 2013, enquanto outros 4,6 bilhões de yuans foram fornecidos pelos governos locais, acrescentou Hu.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001383832231