Governo de Hong Kong condena firmemente violência contra viajante e jornalista

2019-08-14 17:11:53丨portuguese.xinhuanet.com

Hong Kong, 14 ago (Xinhua) -- O governo da Região Administrativa Especial de Hong Kong (RAEHK), sul da China, condenou firmemente nesta quarta-feira os atos violentos de manifestantes contra um viajante e um jornalista no aeroporto local.

Na noite da terça-feira, alguns participantes do protesto violento assediaram e atacaram um viajante e um jornalista no Aeroporto Internacional de Hong Kong e impediram que a equipe da ambulância levasse o turista ao hospital, anunciou o governo da RAEHK.

As autoridades locais "condenam firmemente esses atos violentos, que são escandalosos e ultrapassaram os limites de uma sociedade civilizada".

A polícia de Hong Kong tomará medidas de execução implacáveis para levar as pessoas envolvidas à justiça, acrescentou a administração local.

Em um comunicado, a polícia também denunciou severamente os atos "radicais e violentos" dos manifestantes que infligiram "danos físicos e mentais" às duas vítimas.

A corporação revelou que uma investigação aprofundada será realizada, prometendo entregar os agressores à justiça.

No incidente, a polícia prendeu cinco pessoas por ofensas cometidas, incluindo agrupamento ilegal, posse de armas, ataque à polícia e violação da paz.

Os dois feridos foram transferidos para o Hospital Princesa Margaret e o Hospital North Lantau, respectivamente.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001383087041