Entrevista: Cooperação Índia-China é importante para estabilidade e desenvolvimento mundiais, diz chanceler indiano

2019-08-14 10:11:53丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 14 ago (Xinhua) -- Como os dois maiores países em desenvolvimento e economias emergentes, a cooperação entre a Índia e a China é de grande importância para o mundo, disse em Beijing o ministro das Relações Exteriores da Índia, Subrahmanyam Jaishankar, em uma entrevista exclusiva à Xinhua.

Descrevendo o mundo como "mais multipolar" com a mudança da ordem global, ele disse que a Índia e a China precisam melhorar a comunicação e a coordenação para contribuir para a paz, estabilidade e desenvolvimento mundiais.

A China e a Índia são as duas únicas economias emergentes com população de mais de 1 bilhão. "Nossa relação é tão grande, que não é mais uma relação bilateral. Tem dimensões globais", disse Jaishankar.

Ele pediu que os dois países encontrem áreas de convergência mais fortes, respeitem as principais preocupações um do outro, encontrem maneiras de administrar as diferenças e mantenham uma visão estratégica da direção dos laços bilaterais.

Jaishankar esteve de visita à China de 11 a 13 de agosto. Foi a sua primeira visita à China como ministro de Relações Exteriores da Índia desde que assumiu o cargo, no final de maio deste ano. Serviu como embaixador indiano na China de 2009 a 2013, o enviado com um mandato mais longo da Índia em Beijing.

Ele apontou que está feliz por vir para a China no início de seu novo papel como ministro das Relações Exteriores da Índia. "Eu sinto nessa responsabilidade que posso contribuir mais uma vez para a construção das relações Índia-China. Para mim, essa é uma grande parte da minha responsabilidade geral pela política externa."

O próximo ano marca o 70º aniversário do estabelecimento das relações diplomáticas entre a China e a Índia. Jaishankar descreveu os laços bilaterais como "positivos".

"Quando olhamos para trás (nos últimos 69 anos), há muitas experiências que ambos os lados podem aprender. A principal é que é importante a Índia e a China cooperarem estreitamente se quisermos realizar o século asiático."

Durante a visita de Jaishankar à China, ele copresidiu a segunda reunião do mecanismo de intercâmbios interpessoais de alto nível China-Índia com o conselheiro de Estado chinês e ministro das Relações Exteriores Wang Yi. As duas partes concordaram em promover a amizade entre os dois povos.

Tanto a China quanto a Índia têm uma história milenar. As civilizações dos dois países estão entre as mais antigas das civilizações humanas, representando dois pilares da civilização do Oriente.

"Muitas pessoas, incluindo jovens de ambos os países, realmente não têm uma boa compreensão das influências mútuas das nossas duas culturas de civilizações, disse ele, acrescentando que "promover uma maior consciência dessa história" através de mais intercâmbios culturais é uma tarefa importante para os dois países.

Os dois países concordaram em estabelecer um mecanismo de intercâmbios interpessoais de alto nível em abril do ano passado, e a primeira reunião do mecanismo foi realizada em Nova Déli em dezembro.

Jaishankar considera o papel do mecanismo como "levar a relação bilateral do campo diplomático estreito a uma interação social mais ampla", afirmando que quanto mais se olharem diretamente mais os dois povos se identificarão.

Altos funcionários indianos dos setores de esportes, turismo e cultura viajaram com Jaishankar para a China desta vez. "O apoio popular é importante para o nosso relacionamento. Os dois povos devem ter um bom sentimento um sobre o outro", disse ele.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001383079101