Guarda Nacional do México não atuará como "Patrulha da Fronteira",segundo oficial

2019-06-13 15:19:26丨portuguese.xinhuanet.com

Cidade do México, 12 jun (Xinhua) -- A recém-criada Guarda Nacional só regulará o fluxo da imigração na fronteira sul do México, e não a interromperá, disse terça-feira a ministra do Interior do México, Olga Sanchez Cordero.

"Para ser claro, a Guarda Nacional não é uma 'Patrulha de Fronteira' porque será implementada e implantada em todo o país, principalmente nas áreas com mais violência", disse Sanchez Cordero à mídia.

Segundo o ministro, os membros da Guarda Nacional estarão trabalhando "tanto na fronteira norte quanto na fronteira sul, em Tamaulipas, em Guanajuato, e onde quer que sua presença seja necessária".

"A entrada de imigrantes ilegais (para o México) faz parte da nossa segurança nacional, é por isso que queremos uma migração ordenada e segura", disse ela.

Ela disse que regular a entrada de imigrantes indocumentados em território mexicano é "apenas garantir que nossas leis sejam respeitadas".

No dia 7 de junho, os governos mexicano e norte-americano chegaram a um acordo para reduzir o número de migrantes da América Central.

O acordo suspendeu a implementação de tarifas que o presidente dos EUA, Donald Trump, ameaçou impor sobre todas as importações mexicanas a partir do dia 10 de junho.

Segundo o acordo, o México prometeu aumentar seus esforços para reduzir a imigração indocumentada e fortalecer a implantação de sua recém-criada Guarda Nacional.

O fluxo de migrantes da América Central que fogem da pobreza e do crime aumentou desde o final de 2018, com caravanas de milhares de pessoas atravessando o México, principalmente a pé, para chegar à fronteira dos EUA.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001381401951