Supremo Tribunal Federal reverá habeas corpus do Lula em duas semanas

2019-06-13 10:06:08丨portuguese.xinhuanet.com

Rio de Janeiro, 11 jun (Xinhua) -- O segundo painel do Supremo Tribunal Federal do Brasil anunciou nesta terça-feira a decisão de agendar o julgamento de um pedido de habeas corpus para o ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 25 de junho.

O pedido é baseado em uma denúncia de Sergio Moro, juiz encarregado dos casos de corrupção investigados na Operação Lava-jato da Polícia Federal.

A defesa de Lula acusa o juiz de não ser imparcial e prender Lula por ganhos políticos.

O pedido de habeas corpus foi feito depois que Moro foi anunciado como ministro da justiça do governo liderado pelo presidente Jair Bolsonaro.

A convicção de Moro contra Lula impediu que este concorresse à presidência no ano passado e, na época, Lula era o único candidato que derrotou Bolsonaro em todas as pesquisas eleitorais.

No início desta semana, conversas entre Moro e promotores no caso de Lula sobre o aplicativo de mensagens Telegram vazaram e foram publicadas pelo site de notícias The Intercept Brasil. As mensagens mostravam Moro discutindo o caso com a acusação fora do tribunal e indicou uma relação muito mais próxima do que é permitido pela lei brasileira.

A equipe de defesa de Lula e o Partido dos Trabalhadores, fundado pelo ex-presidente, disseram que as mensagens vazadas confirmam que Moro e a promotoria conspiraram para fabricar evidências para prender o ex-presidente e tirá-lo da corrida presidencial.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001381393291