Incêndio em clube de futebol brasileiro mata 10 adolescentes

2019-02-10 14:25:40丨portuguese.xinhuanet.com

Rio de Janeiro, 8 fev (Xinhua) -- Um incêndio em um centro de treinamento de um clube de futebol na cidade do Rio de Janeiro matou 10 jogadores, todos menores entre 14 e 16 anos, informou o Corpo de Bombeiros.

O centro operado pelo clube de futebol Flamengo abrigava um total de 26 jogadores. Apenas metade deles conseguiu escapar do incêndio ocorrido antes do amanhecer, que se espalhou rapidamente pelo sistema de ar condicionado da instalação, de acordo com um dos jovens residentes.

"O ar condicionado pegou fogo e gerou um curto-circuito em todos os aparelhos de ar-condicionado. Tudo pegou fogo e foi muito rápido, praticamente não houve tempo para chamar ninguém", disse um jogador identificado como Samuel aos repórteres.

Entre as vítimas fatais estava o goleiro Christian Esmerio, de 15 anos, considerado um jogador em ascensão que os clubes estrangeiros estavam de olho.

Três outros jogadores ficaram feridos no incidente, incluindo um com queimaduras em 40% do corpo.

As autoridades estão investigando as causas do incêndio - que começou por volta das 5 horas da manhã, horário local (07h00 GMT), já que a maioria dos jogadores estava dormindo - incluindo um possível curto-circuito.

No entanto, "é cedo demais para dizer" o que causou o incêndio, disse o vice-governador do Rio, Cláudio Castro.

Rodolfo Landim, presidente do clube do Flamengo, chamou de "a pior tragédia dos 123 anos de história do clube".

A cidade do Rio, enquanto isso, disse que o centro não tem licença para operar como residência.

A área que abriga os dormitórios foi classificada nos planos apresentados à cidade como "um estacionamento", disseram autoridades.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001378103301