Número de mortos causados pelo rompimento da barragem de Brumadinho chega a 157

2019-02-08 15:52:34丨portuguese.xinhuanet.com

Rio de Janeiro, 7 fev (Xinhua) -- O Corpo de Bombeiros do estado de Minas Gerais (sudeste do Brasil) confirmou nesta quinta-feira que o número de mortos pelo rompimento da barragem 1 da mineradora Vale, em Brumadinho, na região metropolitana da capital Belo Horizonte, se elevou a 157 e 182 pessoas continuam desaparecidas.

Dos 134 corpos identificados pelo Instituto Médico Legal, 75 são de funcionários da Vale. Dentre os desaparecidos, 55 são empregados da companhia e o restante são terceirizados ou moradores de Brumadinho que não tinham nenhum vínculo com a empresa.

Segundo os bombeiros, pelo menos 374 pessoas trabalharam neste 14º dia de buscas, incluindo agentes da Força Nacional, voluntários e bombeiros de Minas Gerais e de outros estados.

A catástrofe, considerada uma das piores da história do Brasil, aconteceu dia 25 de janeiro, quando a barragem 1 de contenção de um depósito de rejeitos nativo da Mina do Feijão se rompeu, lançando 13 milhões de metros cúbicos de lama, arrasando tudo que encontrava em sua passagem, num raio de vários quilômetros, incluído o centro administrativo e o refeitório da Vale, comunidades próximas e uma pousada.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001378069371