Shanghai adota lei sobre separação de lixo doméstico

2019-02-01 10:32:34丨portuguese.xinhuanet.com

Shanghai, 1º fev (Xinhua) -- O órgão legislativo de Shanghai aprovou nesta quinta-feira uma série de regulamentos sobre a separação e reciclagem de lixos domésticos, que entrará em vigor em 1º de julho.

Em 2018, quase 26 mil toneladas de lixos domésticos foram descartadas todos os dias, com o volume total superando 9 milhões de toneladas.

"A crescente demanda de tratamento de lixo impôs uma grande pressão no desenvolvimento sustentável na cidade", disse Xiao Guiyu, vice-diretor do Comitê Permanente da Assembleia Popular Municipal de Shanghai.

A cidade completará um sistema sofisticado de tratamento de lixo, incluindo a separação, coleta, transporte e reciclagem. Esforços também serão feitos para reduzir o volume total de lixo doméstico da cidade.

Os regulamentos também especificam as responsabilidades legais dos indivíduos e das unidades envolvidas, que devem assumir as funções de separação conforme as categorias do lixo: reciclável, perigoso, úmido e seco.

Segundo os regulamentos, as unidades pagarão multas de até 500 mil yuans (US$ 75 mil) por violar as regras de tratamento de resíduos e os indivíduos serão multados em 50 a 200 yuans por atividades ilegais.

A fim de reduzir o volume total de lixo, a cidade introduzirá materiais de embalagem mais ecológicos e promoverá padrões econômicos de empacotamento contra o excesso de embalagem.

As regras também encorajam a diminuição do uso de papel no trabalho, especialmente em escritórios do Partido e do governo, bem como nas instituições públicas. Louça e pauzinhos descartáveis também serão desencorajados em restaurantes ou durante a refeição.

Os empresários que desobedecerem as regras pagarão multas entre 500 e 5 mil yuans, destacou Ding Wei, legislador de Shanghai.

O vice-presidente da Academia de Ciências e Sociais de Shanghai, Zhang Zhao'an, informou que mais 40 cidades chinesas estabeleceram zonas piloto para promover a separação e a reciclagem de lixo.

Em uma coletiva de imprensa nesta quinta-feira, o prefeito Ying Yong destacou que a cidade também fará uma fiscalização mais forte e punirá com maior vigor as atividade ilegais.

"Todos devem fazer parte da campanha de separação de lixo", comentou.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001377917981