China acelera a construção de Xiongan e subcentro de Beijing

2019-01-12 19:05:53丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 12 jan (Xinhua) -- O vice-diretor da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma da China, Lin Nianxiu, revelou nesta sexta-feira que o país está acelerando a construção da Nova Área de Xiongan e do centro administrativo subsidiário de Beijing de acordo com padrões estritos.

O desenho de nível mais alto para a Nova Área de Xiongan foi completado em termos gerais, com sistemas de planejamento e política fixados, indicou o oficial durante uma entrevista coletiva.

Em abril de 2017, a China anunciou o estabelecimento da Nova Área de Xiongan, que abrange três distritos na Província de Hebei, a 100 quilômetros ao sudoeste do centro de Beijing.

O desenvolvimento e a construção começaram com o trabalho em projetos que incluem o trem interurbano entre Beijing e Xiongan e o projeto de reflorestamento. O centro de serviço público já está em operação.

No entanto, além de projetos básicos e construções temporárias, não foi colocado nem um só tijolo para "evitar deixar lamentações históricas", disse Lin.

Este mês, as autoridades centrais da China aprovaram o plano mestre 2018-2035 para Xiongan. De acordo com o projeto, que sublinha o desenvolvimento de alta qualidade, Xiongan se tornará uma cidade moderna porém ecológica, inteligente e habitável, com uma "competitividade relativamente forte e interação harmoniosa entre humanos e meio ambiente até 2035".

Com o fim de torná-la realidade, o governo deve adotar uma abordagem holística e levar em consideração a proteção ambiental, o uso de recursos, o desenho do espaço e a administração da construção, sugerem especialistas.

Nesta sexta-feira, quatro órgãos municipais chave de Beijing mudaram seus escritórios da área do centro ao subúrbio oriental do distrito de Tongzhou, o centro administrativo subsidiário da capital chinesa.

Sui Zhenjiang, vice-prefeito de Beijing, disse que o município deve dirigir o subcentro por um caminho de desenvolvimento sustentável, tornando-o um distrito sem "doenças urbanas".

"Posteriormente, Beijing deve melhorar ainda mais o planejamento e desenho do centro administrativo subsidiário e construir o marco da área com um enfoque nos projetos principais", disse Sui.

O município também procurará um progresso ativo no desenvolvimento coordenado do subcentro com os distritos adjacentes na Província de Hebei, com uma série de medidas sobre transporte, indústrias e instalações que serão tomadas em 2019.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001377388651