China planeja aprofundar reduções fiscais no setor de manufatura

2019-01-11 13:05:53丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 11 jan (Xinhua) -- O ministro da Indústria e Informatização da China, Miao Wei, revelou nesta quinta-feira que o país diminuirá ainda mais os impostos e taxas no setor de manufatura neste ano para promover o desenvolvimento de alta qualidade.

Em uma entrevista à Xinhua, o oficial garantiu que o governo continuará baixando as taxas de imposto de valor agregado cobradas no setor de manufatura e reduzirá seus custos nos fatores de produção como eletricidade e água.

Miao apontou que a China tomará medidas para otimizar o ambiente de desenvolvimento e continuará aliviando o acesso ao mercado.

Ele anunciou que o país abrirá ainda mais o setor de manufatura, elaborará o sistema de tratamento nacional pré-estabelecido e uma lista negativa e garantirá a implementação das políticas de abertura nos setores de automóveis, construção naval e aviação.

Uma declaração emitida após a Conferência Central do Trabalho Econômico, que estabeleceu as prioridades das políticas para 2019, revela que o desenvolvimento de manufatura de alta qualidade está no topo da agenda de trabalho, destacando esforços firmes para transformar o país em um manufator de qualidade e para a integração de manufatura avançada com um setor de serviços moderno.

Com o enorme mercado interno, o sistema industrial integrado, capacidade de inovação, infraestrutura bem desenvolvida e ambiente de negócio favorável, a China tem forte resiliência para lidar com os desafios, segundo Miao.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001377362481