Beijing planeja lançar ônibus de condução autônoma em 2022

2019-01-11 11:05:53丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 11 jan (Xinhua) -- A operadora de ônibus de Beijing planeja introduzir sistemas de condução autônoma para seus veículos em 2022, já que a capital chinesa se esforça para tornar o transporte público mais inteligente.

A Beijing Public Transport Corporation (BPTC) e a Intel-owned Mobileye anunciaram nesta quarta-feira que se uniram para adicionar sistemas de alerta de segurança e tecnologias de condução autônoma em seus serviços de transporte público.

O Beijing Youth Daily informou que em 2022, a BPTC planeja testar os primeiros veículos de condução autônoma em parques industriais de alta tecnologia e rotas turísticas.

"As rotas fixas, paradas e pistas especialmente designadas tornaram os ônibus candidatos adequados para a aplicação de tecnologias de condução autônoma", disse Xu Zhengxiang, chefe do departamento de desenvolvimento estratégico da BPTC.

"Também estamos explorando a possibilidade de criar um centro de pesquisa e desenvolvimento com a Mobileye para a condução autônoma na China", acrescentou ele.

A BPTC é uma das maiores companhias de transporte público urbano do mundo, operando 26.363 ônibus em mais de 1.221 rotas até o final de 2017.

A Mobileye é uma empresa tecnológica com sede em Israel e foco no desenvolvimento de sistemas baseados em visão para melhorar a segurança rodoviária. Ela também está trabalhando com a gigante de busca chinesa Baidu em seu projeto de condução autônoma "Apollo".

Em um esforço para reduzir a poluição, Beijing também planeja colocar 10.000 ônibus elétricos nas ruas até 2020, respondendo por 60% do total dos veículos de transporte públicos.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001377361161