Presidente mexicano busca laços amigáveis e cooperativos com os EUA

2019-01-11 10:11:55丨portuguese.xinhuanet.com

Cidade do México, 9 de jan ( Xinhua) -- O presidente mexicano Andrés Manuel López Obrador, disse, na quarta-feira, que não buscará o confronto com os Estados Unidos, mas uma relação amigável e cooperativa.

López Obrador reiterou que o México procura convencer os Estados Unidos a implementar um programa de desenvolvimento e emprego proposto que favorece os países da América Central, bem como o sul do México, que criaria empregos e ajudaria a reduzir a migração.

"Estamos persuadindo, (e) convencendo o governo dos EUA de que a melhor coisa é o desenvolvimento para os países Centro-Americanos e o México. Essa imigração se torna opcional e não obrigatória, essa é a nossa Política", disse ele em uma conferência de imprensa diária.

O méxico propôs que os governos e as empresas nos Estados Unidos e Canadá devem aderir a um desenvolvimento integral do plano lançado pelo México e os países do Triângulo Norte da América Central, nomeadamente, Guatemala, El Salvador e Honduras, para estimular investimentos e gerar empregos na região e, assim, abordar a questão migratória.

Em dezembro, o governo dos EUA disse que comemorou o plano e prometeu 5,8 bilhões de dólares americanos para reformas institucionais e desenvolvimento econômico nos países do Triângulo Norte e mais 4,8 bilhões de dólares para impulsionar o investimento público e privado no México.

Com isso em mente, López Obrador disse que estava confiante de que a cooperação bilateral irá avançar.

Ele também disse que o México reforçará a segurança ao longo de sua fronteira sul, dada a possível chegada de uma nova onda de caravanas migrantes centro-americanas.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001377358741