Banco Central da China evita recompras reversas por 31 dias de negócios consecutivos

2018-12-07 16:05:23丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 7 dez (Xinhua) -- O Banco Popular da China (BPC), não utilizou nesta sexta-feira o mecanismo de recompras reversas pelo 31º dia de negociação consecutivo, o período mais longo desde o início de 2016, citando a liquidez suficiente no sistema bancário.

Nenhuma recompra reversa irá vencer na sexta-feira.

A recompra reversa é um processo pelo qual o banco central compra títulos dos bancos comerciais através de licitação, com um acordo de vendê-los de volta no futuro.

No mercado interbancário de sexta-feira, a Taxa de Oferta Interbancária Overnight de Shanghai (Shibor) de pernoite, que mede os custos que os bancos emprestam dinheiro entre si, caiu ligeiramente para 2,416%. A taxa Shibor para empréstimos de um mês aumentou 1,8 ponto básico para 2,828%.

O país quer manter o controle sobre o fluxo de oferta monetária e a liquidez em um nível razoável e amplo, de acordo com um comunicado emitido depois de uma reunião de Birô Político do Comitê Central do Partido Comunista da China em julho.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001376575001