China pede libertação imediata da diretora financeira da Huawei

2018-12-07 11:25:24丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 7 dez (Xinhua) -- A China apresentou solenes representações ao Canadá e aos Estados Unidos e pediu a libertação imediata de Meng Wanzhou, diretora financeira da Huawei, disse na quinta-feira o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Geng Shuang.

Meng foi detida provisoriamente pelas autoridades canadenses, por solicitação dos Estados Unidos, quando estava fazendo uma conexão aérea no Canadá, segundo uma declaração da Huawei divulgada na quinta-feira.

Geng disse em uma entrevista coletiva diária que a China apresentou solenes representações aos lados canadense e norte-americano, pedindo que os dois países esclareçam a razão pela qual detiveram Meng, libertem-na imediatamente e protejam os direitos e interesses legítimos dela.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001376569881