Banco central da China injeta fundos ao mercado via MLF

2018-12-06 20:25:23丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 6 dez (Xinhua) -- O Banco Popular da China (BPC) injetou nesta quinta-feira 187,5 bilhões de yuans (US$ 27,33 bilhões) ao mercado através do mecanismo de facilidade de empréstimos de médio prazo (MLF, em inglês) para manter a liquidez.

Os fundos vencerão em um ano com uma taxa de juros de 3,3%, inalterada em relação às operações anteriores, revelou o banco central chinês em seu site.

A operação envolveu efetivamente uma quantia de igual valor de empréstimos desse tipo que venceu nesta quinta-feira.

A ferramenta de MLF foi introduzida pela primeira vez em 2014 para ajudar os bancos comerciais e de política a manterem liquidez, permitindo que obtenham empréstimo do banco central usando valores mobiliários como garantia.

O BPC suspendeu as operações de recompra reversa na quinta-feira.

No mercado interbancário de hoje, a Taxa de Oferta Interbancária Overnight de Shanghai (Shibor), que mede os custos que os bancos chineses têm para emprestar dinheiro entre si, aumentou 15,1 pontos básicos, para 2,418%. A taxa Shibor para empréstimos de um mês também subiu para 2,81%.

A China prometeu manter o controle sobre o fluxo de oferta monetária e manter a liquidez em um nível razoável e abundante, segundo um comunicado divulgado depois de uma reunião do Birô Político do Comitê Central do Partido Comunista da China no final de julho.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001376555661