Desalavancagem é conducente à economia chinesa no longo prazo

2018-12-06 18:25:23丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 6 dez (Xinhua) -- Embora a iniciativa de desalavancagem da China possa reduzir o crescimento de curto prazo, será conducente à economia do pais no longo prazo. A opinião é do fundador da Bridgewater Associates, Ray Dalio, publicada nesta quinta-feira pelo jornal China Daily.

As metas da China de manter crescimento e reduzir níveis de alavancagem podem não levar necessariamente a dificuldades econômicas, avalia.

"Naturalmente, reduzir ou acabar com empréstimos ruins desacelera o crescimento econômico a curto prazo e o ajuda a longo prazo", analisa Dalio.

Desde que a China continue realizando rápidas reformas e ampliando a expansão às partes subdesenvolvidas da economia enquanto mantém a estabilidade, as perspectivas de longo prazo seguirão muito brilhantes porque esse rápido crescimento de produtividade continuará, destaca ele.

O governo central da China vem mantendo esforços para restringir empréstimos excedentes às empresas estatais, especialmente àquelas na indústria pesada que sofrem com excesso de capacidade. Ao mesmo tempo, trabalha para manter a oferta de crédito a tomadores mais produtivos.

A desalavancagem é uma das mais importantes tarefas na reforma estrutural do lado de oferta da China.

A economia do país expandiu 6,7% nos primeiros três trimestres deste ano, acima da meta de crescimento anual do governo, de cerca de 6,5%, definida para 2018.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001376554191