Presidente eleito do Brasil pede unidade entre os segmentos do governo

2018-11-09 16:41:04丨portuguese.xinhuanet.com

Brasília, 7 nov (Xinhua) -- O presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, pediu na quarta-feira a unidade entre os diferentes segmentos do governo para que ele possa governar com mais eficácia.

Com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Antônio Dias Toffoli, ao seu lado, Bolsonaro disse que os poderes executivo, legislativo e judiciário devem trabalhar juntos para aprovar as principais legislações.

"Enfrentamos grandes desafios, mas com a união das autoridades ao lado das pessoas, temos condições de encontrar opções", afirmou Bolsonaro, que assumirá o cargo em janeiro.

Ele disse que, juntamente com a redução da taxa de criminalidade, a necessidade de passar a reforma previdenciária para reduzir o déficit orçamentário está entre esses desafios.

Toffoli disse que o presidente eleito, cuja campanha eleitoral aumentou os temores de que o novo governo possa desrespeitar as leis para alcançar seus objetivos, respeitaria a Constituição.

"Em nome do STF, estamos honrados por seu desejo de manter um diálogo (com os outros segmentos)", disse Toffoli. "Estou certo de que este gesto de respeito pela Constituição e pelas instituições irá renovar a nossa democracia."

O presidente eleito chegou a Brasília na terça-feira para visitar o Congresso, onde atuou por quase três décadas como legislador conservador, e se reuniu com os comandantes do Exército, Marinha e Aeronáutica, e com o chefe do Superior Tribunal de Justiça, João Noronha, assim como Toffoli.

Ele também se reuniu com o presidente Michel Temer, que deixou o cargo, para iniciar oficialmente o processo de transição.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001375948711