Banco central da China advoga por uso seguro e saudável da tecnologia financeira

2018-11-09 14:08:20丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 9 nov (Xinhua) -- O banco central da China espera inspirar as inovações da tecnologia financeira (FinTech), enquanto acompanha estreitamente os riscos correspondentes, disse Fan Yifei, vice-presidente do Banco Popular da China, na quinta-feira em um seminário sobre FinTech e construção de crédito.

Fan descreveu a inovação e a segurança como os meios para impulsionar o uso da FinTech, ao participar do seminário em Wuzhen, na Província de Zhejiang, leste do país, segundo o último comunicado do BC.

As novas tecnologias, que destacam a inteligência artificial (IA), computação na nuvem e big data, estão transformando profundamente o setor financeiro e gradualmente se tornando um dos principais motores da construção de crédito, disse Fan.

Muitos países, incluindo a China, e organizações internacionais seguiram a tendência dos tempos, aproveitaram oportunidades para mapear planos de desenvolvimento relevantes e regras de supervisão e alcançaram resultados positivos, notou ele.

O vice-presidente listou vários aspectos em que as tecnologias podem melhorar os sistemas financeiros, como romper os gargalos do desenvolvimento financeiro, obter acesso facilitado aos serviços financeiros e melhorar as capacidades das instituições financeiras para melhor beneficiar seus clientes.

Além disso, a FinTech também pode ajudar a melhorar o compartilhamento de informações de acordo com as leis, facilitar a criação de crédito e satisfazer melhor as necessidades de serviço de crédito do mercado, acrescentou Fan.

Ele ressaltou que a FinTech trouxe tanto desafios quanto riscos, bem como eficiência e oportunidade. Portanto, supervisionar o uso da FinTech deve ser uma prioridade para que o avanço tecnológico não seja feito à custa da segurança financeira.

"Uma tarefa fundamental é melhorar as capacidades de supervisão financeira, o que exige supervisão mais rigorosa das aplicações tecnológicas, maior profissionalismo e supervisão unificada e mais penetrante", disse ele.

Como a FinTech se tornou um tema global, Fan disse que o BC está disposto a colaborar com os bancos centrais de vários países e com o setor financeiro para compartilhar as oportunidades, avançar e promover o melhor uso da FinTech para as pessoas.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001375945721