Presidente Trump tenta manter tom conciliatório com democratas após controle da Câmara de Deputados

2018-11-09 13:15:51丨portuguese.xinhuanet.com

Washington, 7 nov (Xinhua) -- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu nesta quarta-feira bipartidarismo e união com o Partido Democrata, depois de perder o controle da Câmara de Deputados nas eleições de meio de mandato.

"Eu gostaria de ver o bipartidarismo. Eu gostaria de ver a união", disse Trump em entrevista coletiva na Casa Branca, "acho que temos uma boa chance de conseguir isso".

As declarações, feitas após as eleições de meio de mandato encerradas na noite de terça-feira, ressoaram com uma mensagem anterior da senadora democrata Nancy Pelosi, que está prestes a se tornar a próxima presidente da Câmara.

Trump disse que ambas as partes podem trabalhar juntas em questões como economia, infraestrutura, comércio e redução do custo de medicamentos prescritos.

Apesar do tom conciliatório, Trump também advertiu que se os democratas da Câmara lançassem investigações contra sua administração, isso resultaria em um governo trancado.

"Eu continuo ouvindo sobre as investigações", disse Trump, "eles podem jogar, mas podemos jogar melhor".

"Tudo o que você vai fazer é ficar nesse vai e volta ... e dois anos vão passar e não teremos feito nada", disse Trump.

É quase certo que as mensagens de boas vindas de Trump e Pelosi serão difíceis de acompanhar no cenário político que se tornou cada vez mais polarizado.

Logo após as declarações de Trump, ele anunciou que o procurador-geral Jeff Sessions vai deixar o cargo. A medida imediatamente chamou a atenção de Pelosi, que disse que a desistência de Sessions vai minar a investigação russa em andamento, liderada pelo conselheiro especial Robert Mueller.

"É impossível não ver a demissão da Procuradoria Geral como mais uma tentativa do @realDonaldTrump de minar e acabar com a investigação do Conselho Especial de Mueller", disse Pelosi no twitter.

Os democratas reivindicaram a vitória nas eleições na Câmara após ganhar 218 das 435 vagas. Como os resultados em cerca de uma dúzia de distritos ainda estão por ser determinados, não está claro quantas vagas os democratas irão controlar.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001375943751