Crianças migrantes no México sofrem trauma psicossocial

2018-11-08 16:33:39丨portuguese.xinhuanet.com

Nações Unidas, 7 nov (Xinhua) -- A Agência das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) está aumentando as intervenções psicossociais para crianças na caravana migratória mexicana desde que descobriram que muitas delas estão enfrentando dificuldades para brincar e outras atividades recreativas, disse Stephane Dujarric, porta-voz para o secretário-geral da ONU, António Guteres.

O porta-voz disse a jornalistas que a UNICEF descobriu que "muitas crianças que viajam com a caravana de migrantes estão mostrando sinais de angústia e sofrimento psicossocial. Em certos casos, as crianças estão expressando medo de violência ou separação de suas famílias, enquanto outras sentem dificuldades em envolver-se em atividades lúdicas e recreativas, organizadas pelo pessoal do UNICEF".

"A agência e seus parceiros estão ampliando rapidamente seu apoio a intervenções psicossociais para alcançar essas crianças necessitadas", disse ele. "O apoio psicossocial pode ajudar a diminuir o impacto sobre as crianças de terem que abandonar suas casas e suportar as duras condições de viagem."

As crianças que viajam com a caravana foram submetidas a uma série de possíveis situações de stress, informou a UNICEF.

A causa suspeita inclui não apenas sair de casa e de seus entes queridos e companheiros de brincadeira, mas "incerteza sobre a viagem, mudanças extremas e repentinas, perda de rotina, exaustão física, desidratação e doenças", disse a UNICIEF.

"Algumas crianças também podem ter sido expostas a eventos traumáticos em seus países de origem, como violência de gangues e violência baseada em gênero, ou separação de suas famílias", disse a agência. "Qualquer um desses fatores pode afetar negativamente o bem-estar físico e psicológico das crianças e causar estresse extremo se não for abordado".

Ele disse que o apoio psicossocial pode ajudar a diminuir o impacto sobre as crianças de ter que abandonar suas casas e "suportar as duras condições de viagem".

A UNICEF renovou os apelos a todos os governos para "priorizar os melhores interesses das crianças na aplicação das leis e procedimentos de imigração, para manter as famílias unidas e encontrar alternativas para a detenção de crianças por imigração".

A Agência de Refugiados da ONU (ACNUR) diz que a caravana de migrantes que vai de Honduras e Guatemala para os Estados Unidos - antes descrita como formada por mais de 7.000 pessoas - e agora na Cidade do México, conta com cerca de 4.700 pessoas.

Funcionários da Cidade do México forneceram tendas e outros abrigos, disse a ACNUR, à medida que mais "caravanas" chegam. Cerca de 4.000 pedidos de asilo estão sendo examinados pelo governo do México.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001375920771