Chefe da OTAN garante apoio ao Afeganistão

2018-11-08 13:28:35丨portuguese.xinhuanet.com

 

O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, e o presidente afegão, Mohammad Ashraf Ghani, compareceram a uma coletiva de imprensa em Cabul, capital do Afeganistão, em 6 de novembro de 2018. O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, garantiu o firme apoio da aliança militar às forças de segurança do Afeganistão. (Xinhua/Rahmat Alizadah)

Cabul, 6 nov (Xinhua) -- O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, assegurou o firme apoio da aliança militar às forças de segurança do Afeganistão na terça-feira.

Falando a repórteres numa conferência de imprensa conjunta com o presidente afegão, Mohammad Ashraf Ghani, no Palácio Presidencial, o chefe da OTAN disse que a aliança está comprometida em continuar seu apoio às forças de segurança afegãs e ao povo afegão.

"A OTAN está determinada a ver o Afeganistão bem sucedido, é por isso que cerca de 16.000 soldados de 39 países servem em nossa firme missão de apoio, juntos treinamos, assessoramos e ajudamos as forças afegãs, enquanto trabalhamos para tornar este país mais seguro e seguro", disse Stoltenberg.

Ele também pediu que os talibãs abandonem os combates e se unam às negociações de paz iniciadas pelo governo para impulsionar a reconciliação nacional e pôr fim ao conflito que persiste no Afeganistão, afirmando que os talibãs deveriam entender que não podem vencer a guerra.

"O potencial para a paz é maior agora do que nos últimos anos, por isso precisamos de um processo de paz liderado e feito pelo Afeganistão, e que deve ser inclusivo", disse Stoltenberg.

Expressando apoio ao processo de paz liderado e feito pelo Afeganistão, o chefe da OTAN disse que quer que os países da região ajudem os afegãos a alcançar a paz em seu país.

Ele disse que a OTAN decidiu aumentar sua presença e enviar mais assessores ao Afeganistão, como os Estados Unidos fizeram para reduzir as perdas das forças afegãs.

O chefe da OTAN também afirmou que a aliança está aqui para ajudar os afegãos e salvar os estados membros da aliança de ataques terroristas.

Falando na conferência de imprensa, o Presidente Ghani expressou sua gratidão à OTAN seu apoio e disse que as forças afegãs de segurança e defesa não são mais dependentes, mas sim parceiras da aliança na guerra contra o terrorismo.

"O povo do Afeganistão quer a paz e a paz duradoura pode ser alcançada através da cooperação regional e do mundo", disse ele.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001375916351